Artigos

Idosos no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil: efeitos nas condições de saúde, renda e trabalho

Objetivo: Caracterizar a população idosa brasileira durante a pandemia de COVID-19, considerando suas condições de saúde, socioeconômicas, desigualdade de sexo, adesão ao distanciamento social e sentimento de tristeza ou depressão.

Fonte: Ciência e Saúde Coletiva

Ano: 2021

Fatores associados à hipertensão arterial: uma revisão sistemática

Objetivo:  identificar, por meio de revisão sistemática da literatura, os principais fatores epidemiológicos associados à HAS.

Fonte: Ciência e Saúde Coletiva

Ano: 2020

Desigualdade e fatores associados ao tratamento do problema crônico de coluna no Brasil

Objetivo: Descrever os principais tratamentos para PCC no Brasil, analisar os fatores associados à sua utilização e discutir possíveis desigualdades na utilização de fisioterapia /exercícios (como proxy de práticas preventivas) e a utilização de medicamentos (como proxy de intervenção em fase aguda).

Fonte: Ciência e Saúde Coletiva

Ano: 2019

Diretrizes e indicadores de acompanhamento das políticas de proteção à saúde da pessoa idosa no Brasil

Objetivo: propor indicadores sensíveis às dimensões da saúde contempladas nas políticas em vigor voltadas para esta população.

Fonte: Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em saúde (RECIIS)

Ano: 2019

Metodologia integrada de acompanhamento de políticas públicas e situação de saúde: O sisap-idoso

Objetivo: O presente artigo trata da estratégia de construção do Sistema de Indicadores de Saúde e Acompanhamento de Políticas do Idoso (SISAP-Idoso). O Sistema pretende articular a produção de informações em saúde com a decisão político-institucional, servindo como instrumento de gestão em saúde do idoso. Seu foco é suprir a necessidade de informações para o planejamento e controle de políticas e programas dos gestores municipais do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: Ciência e Saúde Coletiva

Ano: 2018

Prevalência, fatores associados e limitações relacionados ao problema crônico de coluna entre adultos e idosos no Brasil

Objetivo: Analisar aspetos epidemiológicos do problema crônico de coluna no Brasil e estudar a associação entre a prevalência do problema crônico de coluna e fatores demográficos, socioeconômicos, estilo de vida e condições de saúde. Utilizam-se microdados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2013.

Fonte: Cadernos de Saúde Pública

Ano: 2017

Desigualdades na esperança de vida saudável por Unidades da Federação

Objetivo: Estimar a esperança de vida saudável aos 60 anos por sexo e Unidade da Federação e investigar as desigualdades geográficas e por nível socioeconômico.

Fonte: Revista de Saúde Pública

Ano: 2017